Eu sonho com um lugar entre seus peitos
pra construir minha casa como um abrigo
onde planto leiras
em seu corpo
uma vasta colheita
onde a rocha mais simples
é pedra da lua e ébano opala
amamentando todas as minhas fomes
e sua noite se derrama sobre mim
como uma chuva nutriz.

Advertisements